5° Mutirão de Conciliação para duplicação da BR 163 é realizado

sexta-feira, 27 de novembro de 2020 | Paraná

Está sendo realizado nessa semana o 5° Mutirão de Conciliação das Desapropriações para a duplicação da BR 163, trecho entre Cascavel e Marmelândia. Mais 38 proprietários participam de audiências na Justiça Federal.

 

Desde que começou a duplicação da rodovia, no ano de 2016, foram realizados quatro mutirões de conciliação com os proprietários de terrenos em torno das obras. Foram cerca de 350 acordos. Nesse quinto mutirão, mais 38 proprietários estão negociando a desapropriação com o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

 

Na sala de audiência ficam apenas os representantes das partes envolvidas na negociação da desapropriação. Em função das medidas de segurança tomadas com a pandemia do coronavírus, é realizado um processo de conciliação por vez.

 

Mercedes e Fiorelo são donos de uma área que precisa ser desapropriada. Eles moram em uma propriedade rural próximo a Realeza. Do total de nove alqueires, um precisa ser desocupado. A negociação começou há dois anos e terminou em acordo na sala de audiência.

A apesar de sair insatisfeito da audiência de conciliação, o casal já tem planos para o futuro. Eles vão desistir de viver do plantio de grãos na propriedade.

 

Os mutirões de conciliação para as desapropriações acontecem conforme a obra de duplicação da BR 163 avança. No total são 73 quilômetros entre Cascavel e Marmelândia.

 

Até o momento cerca de 30 quilômetros da duplicação já está concluída e liberada para o tráfego, no trecho que liga Cascavel a Lindoeste. A previsão é de que aconteçam mais mutirões de conciliação no ano que vem.



Fonte: CATVE | FOTO: REPRODUÇÃO/CATVE

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br