Ampére tem 90 dias para instalar sistema de frequência de servidores

sábado, 05 de setembro de 2020 | Sudoeste

A Promotoria de Justiça de Ampére, ajuizou ação civil pública para que o Município implante sistema de controle de frequência dos servidores públicos.

 

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR), a ação foi ajuizada após a constatação de que a prefeitura não possui sistema para esse fim, o que impossibilita a fiscalização da jornada de trabalho dos funcionários públicos e contraria a necessidade de transparência dos atos da administração pública.

 

Na ação, o MPPR requer liminarmente que o Município seja obrigado a implantar, em 90 dias, sistema eletrônico de registro biométrico de frequência de todos os servidores municipais, incluindo ocupantes de cargos efetivos, de provimento em comissão, cedidos, estagiários e eventuais servidores contratados temporariamente, sob pena de aplicação de multa diária.



Fonte: DIÁRIO DO SUDOESTE | FOTO: Rádio Ampére

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br