Após 14 dias de quarentena restritiva, Governo do Paraná suspende medidas de decreto para sete regiões do estado

terça-feira, 14 de julho de 2020 | Paraná

Depois de 14 dias de quarentena restritiva, que impôs várias mudanças para oito regiões do Paraná, o Governo do Paraná informou, nesta terça-feira (14), a suspensão das medidas para sete regiões.

 

De acordo com a decisão do governo, as restrições continuam valendo somente para a regional do litoral do estado, que foi incluída depois. Nas cidades litorâneas, o decreto continua valendo até o dia 21.

 

Com a queda das medidas previstas no decreto estadual, a Prefeitura de Curitiba informou que a cidade volta a seguir as restrições previstas em decreto municipal que estabeleceu alerta de "bandeira laranja".

 

A Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) informou que os prefeitos da região se reuniram com a presença do Ministério Público do Paraná (MP-PR), antes do anúncio do estado.

 

Após a reunião, a Assomec informou que as prefeituras devem publicar novos decretos, estabelecendo as novas regras para cada município.

 

Medidas restritivas

Durante os 14 dias de suspensão dos serviços não essenciais, um dos principais objetivos era aumentar a taxa de isolamento social para pelo menos 50%. Com isso, a curva de crescimento de casos, teoricamente, diminuiria, segundo o governo.

 

No entanto, a média estadual de isolamento ficou em 45%, segundo pesquisas.

 

A média de casos confirmados também não diminuiu nas duas últimas semanas e ficou em 1.536 casos, na segunda-feira (13), apontando um crescimento de 78%.

 

A média estadual de mortes também teve aumento de 77% nos últimos dias.

 

O decreto começou no dia 1º de julho em 134 cidades de sete regiões do Paraná. Pelo prazo, de 14 dias, vence nesta terça-feira. Uma semana depois, Ratinho decidiu ampliar o alcance das medidas e também incluiu o litoral.

 

Prefeitos se manifestaram contra o decreto e até entraram na Justiça com pedidos para não cumprir as novas regras, mas tiveram que acatar a decisão estadual.

 

A Polícia Militar (PM) também fez várias ações de fiscalização para averiguar o cumprimento do decreto depois que comerciantes e donos de bares protestaram.

 

Coronavírus no Paraná

De acordo com o boletim mais recente da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), o Paraná tem 43.095 casos confirmados de coronavírus e 44.870 mortes por Covid-19.



Fonte: G1 PR

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br