Causa de incêndio ambiental em Realeza pode ser proposital

quinta-feira, 30 de agosto de 2018 | Policial

Um incêndio ambiental de grandes proporções próximo ao Viveiro Municipal de Realeza, no Bairro Jardim Primavera, na noite de quarta-feira (29) pode ter sido causado de forma proposital. No local são depositados materiais como galhos de árvores coletados no município.

 

Agentes da Defesa Civil foram acionados para combater o fogo às 18h20, e ao chegar as chamas já haviam tomado conta de boa parte do local, a situação estava fora de controle.

 

Foi acionado o caminhão pipa e máquinas da Prefeitura Municipal para auxiliar no combate, e revirar os materiais. A dificuldade nesses casos de incêndio ambiental, é que mesmo utilizando água e abafador na superfície, a vegetação continua queimando por baixo. 

 

Com apoio das máquinas foi feito aceiro entorno do local, isolando o foco do incêndio. Agentes da Defesa Civil que estavam de folga foram acionados para dar apoio na ocorrência. O trabalho encerrou por volta da 00h45.

 

Durante a manhã dessa quinta-feira (30), às 6h30, os agentes retornaram ao local, e verificaram que os materiais foram novamente incendiados durante a madrugada.

 

Esta não é a primeira vez que o local é alvo de incêndio, por isso acredita-se que as queimadas são causadas de forma proposital, causando danos ao meio ambiente e prejudicando a saúde da população.



O secretário municipal de agricultura e meio ambiente registrou um boletim de ocorrência na Delegacia da Polícia Civil de Realeza sobre o ocorrido.



Fonte: Rádio Clube - Fotos: Defesa Civil

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br