Governo do estado chama universitários para ajudar no combate ao coronavírus

terça-feira, 07 de abril de 2020 | Saúde

510 estudantes de universidades públicas de todas as regiões do estado foram selecionados para atuar na linha de frente contra o novo coronavírus. Eles são bolsistas inscritos em um programa que pretende reforçar o atendimento em serviços considerados essenciais durante a pandemia.

 

Entre os chamados, 114 são alunos dos últimos dois anos dos cursos da área da saúde, e dão apoio na central de informações criada para esclarecer dúvidas da população e fornecer orientações de prevenção à doença. Outros 23 estudantes de enfermagem, 23 enfermeiros e 25 técnicos de enfermagem trabalham nas frentes de contenção instaladas em postos rodoviários nas regiões de fronteira. 130 enfermeiros, 108 técnicos de enfermagem e 22 médicos integram desde a última semana as equipes de hospitais e unidades básicas de saúde. O Departamento Penitenciário e o Laboratório Central do Estado (Lacen), onde são analisados os exames de covid-19 no Paraná, também receberam bolsistas.

 

De acordo com o governo do estado, o investimento na abertura de vagas soma 8 milhões de reais. A expectativa é convocar 1.064 estudantes. As inscrições continuam até o dia 13, segunda-feira da próxima semana e podem ser feitas pela página setipr.net.br/covid19.

 

Um convênio emergencial também está sendo firmado com a Itaipu Binacional para ampliar a contratação de estudantes da área da saúde. O governo e a estatal pretendem contratar 733 bolsistas e para isso, vão disponibilizar, 4 milhões de reais cada um.



Fonte: BandNewsCuritiba

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br