Homem é julgado por matar companheira que se negou a desbloquear celular em Lindoeste

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020 | Geral

Eder Rodrigues dos Santos é julgado, nesta quinta-feira, no Fórum da Justiça Estadual de Cascavel, acusado de feminicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a denúncia, o homem matou a tiros sua companheira Sandra Nobre dos Santos, em agosto do ano passado, na cidade de Lindoeste.

Apurou-se que o crime teria sido praticado porque a vítima teria se negado a desbloquear o celular para que Eder visse com quem ela trocava mensagens.

A Promotoria aponta ainda que o assassinato teria ocorrido na frente de, ao menos, dois dos três filhos do casal, sendo que a vítima estava com o filho de apenas um ano de idade no colo quando foi atingida pelos tiros.

O resultado do júri deve ser conhecido ainda hoje.



Fonte: CGN

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br