Investigador de polícia acionado pelo MPPR por solicitar vantagens ilícitas de moradores de São João é condenado e tem aposentadoria cassada

quarta-feira, 02 de setembro de 2020 | Sudoeste

Um investigador aposentado da Polícia Civil foi condenado pela Justiça por improbidade administrativa e teve sua aposentadoria cassada. O policial foi acionado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de São João, no Sudoeste do estado.

 

Conforme a ação, no período de 17 de agosto a 27 de setembro de 2012, o policial, valendo-se de sua função pública, solicitou e recebeu bens de diversos moradores de São João – a Promotoria de Justiça relaciona entre esses bens recebidos indevidamente um televisor, uma antena parabólica, um par de óculos e um relógio.

 

Além da cassação da aposentadoria, o ex-servidor público teve os direitos políticos suspensos por oito anos e deverá pagar multa civil em valor correspondente a um mês da sua remuneração bruta. Ainda cabe recurso da decisão.

 

Processo número 0002304-91.2017.8.16.0183.



Fonte: Assessoria MP/PR

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br