Maio termina com frio intenso e primeiros dias de junho serão gelados

quarta-feira, 26 de maio de 2021 | Clima Tempo

A massa de seco de origem polar vai enfraquecer nos próximos dias no centro-sul do Brasil, mas após a passagem de uma frente fria no fim da semana, uma nova massa de ar polar ainda mais intensa vai chegar ao Brasil. Essa promete ser a mais intensa de 2021, até o momento.

 

A massa de ar polar começa a entrar no Brasil no domingo, 30 de maio, já provocando queda de temperatura. Porém, é entre terça e quarta-feira que o frio deve ser mais intenso, pois o centro da massa de ar polar (que é a região mais fria), estará sobre o Sul do Brasil, inibindo a formação de nuvens e favorecendo a subsidência do ar.

 

A Região Sul será a mais influenciada pelo sistema, mas o frio será o destaque em muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil. Novos recordes serão batidos e novos eventos de geada também serão observados em amplas áreas do Sul, sul de Mato Grosso do Sul e até em áreas do sul de São Paulo e Serra da Mantiqueira.

 

No Sul, as temperaturas voltam a ficar negativas durante as madrugadas, com mínimas previstas em torno de -4°C nos pontos mais altos, como por exemplo, São Joaquim, em Santa Catarina.

 

 A partir de quinta-feira, 3 de junho, a tendência é que a massa de ar polar se afaste, portanto as temperaturas entram em gradativa elevação no fim da semana.

 

Realeza

A temperatura segue amena no município durante o restante da semana com máximas não passando dos 25°C, segundo o Simepar, a partir da sexta-feira, o tempo volta a ficar instável, com aumento da nebulosidade ao longo do dia e pancadas de chuva a partir da tarde. No final de semana, a instabilidade aumenta, com previsão de pancadas de chuva com acumulados expressivos em algumas regiões.

 



Fonte: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br