Nova nuvem de gafanhotos surge perto da fronteira com o Brasil

sexta-feira, 17 de julho de 2020 | Fronteira

Uma nova nuvem de gafanhotos foi descoberta no Paraguai, perto da fronteira com o Brasil. Segundo informações da Globo Rural, no último domingo (12) autoridades identificaram uma nuvem com extensão de 10 km², no Parque Cerro León, que abrange a área do Parque Nacional Defensores del Chaco.

 

Conforme Globo Rural, a localização dos insetos passa pelos departamentos (como são conhecidos os Estados no país vizinho) de Boquerón e Alto Paraguai, na fronteira com Bolívia e Argentina, mas também com o Brasil.

 

O engenheiro agrônomo e diretor do Serviço Nacional de Qualidade e Sanidade Vegetal e de Sementes do Paraguai (Senave), Julio Rojas acredita que a nuvem deve se movimentar para a área perto da estância de La Paz, próximo ao Chaco Central, onde se concentra a maior parte da produção agrícola do país. Nos cálculos do Senave, os prejuízos podem chegar a US$ 1,7 milhão.

 

Nuvem de gafanhotos perto do Rio Grande do Sul

A primeira nuvem de gafanhotos, que estacionou na Argentina entre as cidades de Curuzú Cuatiá e Esquina, na província de Corrientes, se movimentou pouco nos últimos dias. O Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) informou à Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul, que os gafanhotos diminuíram a distância de 144 quilômetros para Barra do Quaraí (RS), do último sábado (11), para 130 quilômetros na última terça-feira (14).



Fonte: PORTAL TRI Com informações Canal Rural | FOTO: SENASA

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br