Paraguai anuncia reabertura total da Ponte da Amizade a partir da próxima semana

terça-feira, 22 de setembro de 2020 | Fronteira

O governo do Paraguai anunciou a reabertura total da Ponte da Amizade a partir da próxima semana. A data estabelecida é para a próxima terça-feira, dia 29 de setembro. A abertura total ocorrerá por um período de três semanas para teste, após acordo com o governo brasileiro. A abertura total inclui flexibilização para atividades turísticas e comerciais. No protocolo inicial estava previsto apenas flexibilização para atividades comerciais.

 

A informação foi confirmada à Rádio Cultura pela presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Cidade do Leste (Codeleste), Linda Taiyen Lulo.  De acordo com o protocolo aprovado, será habilitado uma área de trânsito para o ingresso e saída de pessoas na cabeceira da Ponte, até as cidades de Cidade do Lete, Hernandárias, Presidente Franco e Minga Guazú. O horário de acesso será entre 5h e 14h. A saída deve ocorrer até às 16h.

 

Após três semanas, será realizada uma análise epidemiológica para avaliar se houve alterações nos números de infectados e internados durante o período. Além disso, será avaliado se a população está seguindo os protocolos de segurança epidemiológico pré-estabelecido. Diante dos resultados, será decidido se a ponte continuará aberta ou não.

 

Haverá barreiras sanitárias no KM 30, além de outras em Hernandárias e Presidente Franco. Estas barreiras irão garantir que não haja dispersão das pessoas que entram no Paraguai e acessem outras áreas além do microcentro de Cidade do Leste.

 

A presidente do Codeleste diz que o período em que a Ponte da Amizade esteve fechada, pouco mais de 6 meses, causou um impacto econômico incalculável. “Foi um prejuízo milionário para todos os setores da economia, até para a área de saúde, pois o governo deixou de arrecadar recursos que poderiam ter sido encaminhados para esse setor” disse ela.

 

Ela garantiu que a saúde de Cidade do Leste não está em colapso neste momento. Segundo ela, os casos estão caindo e houve um investimento público que garantem o atendimento para a população.

 

Manifestação

O anúncio foi feito pelo governo paraguaio após a manifestação que ocorreu na manhã desta terça-feira, 22, na cabeceira da Ponte da Amizade, em Cidade do Leste. A manifestação foi pacífica e envolveu setores do comércio, taxistas, mototaxistas, entre outros.

 



Fonte: Agência IP / Foto: Kiko Sierich

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br