Parque turístico de Itaipu vai reabrir para visitantes na quarta-feira (22)

terça-feira, 21 de julho de 2020 | Fronteira

O Parque turístico de Itaipu em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, vai reabrir para visitantes na quarta-feira (22). Regras sanitárias serão adotadas para a visitação.

 

A Itaipu estava fechada desde 1º de julho por causa do decreto estadual que tinha medidas mais restritivas para conter o contágio do novo coronavírus. Esse decreto não está mais em vigor.

 

Movimento gradativo de reabertura

O Parque turístico de Itaipu vai iniciar o movimento gradativo de reabertura dos principais atrativos da cidade.

 

Por força do decreto do governo estadual, as atividades turísticas e do comércio em geral da macrorregião de Foz do Iguaçu foram interrompidas por duas semanas – de 1º a 14 de julho. A decisão foi para frear o avanço da pandemia do novo coronavírus e evitar um possível colapso no atendimento das unidades hospitalares.

 

Na região oeste do Paraná, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para o tratamento da Covid-19 era de 69% na segunda-feira (20), de acordo a Secretaria de Estado da Saúde.

 

Reforço das medidas sanitárias

Com a suspensão do decreto estadual e o reforço das medidas sanitárias para resguardar os trabalhadores e atender os visitantes de forma segura, o Complexo Turístico Itaipu (CTI) informou que voltará a operar de maneira limitada.

 

Inicialmente, somente a vista panorâmica vai funcionar. Essa é a opção mais procurada pelos turistas.

 

Conforme a Itaipu, com o passar do tempo e levando em consideração o cenário epidemiológico, os demais passeios poderão ser reabertos.

 

Parque Nacional

O lado argentino do Parque Nacional do Iguaçu já voltou a abrir para os moradores locais nos fins de semana, apesar de as fronteiras continuarem fechadas.

 

No lado brasileiro, o Parque Nacional também chegou a reabrir, mas fechou depois do decreto estadual. Agora, se prepara para reabrir na 1ª semana de agosto.



Fonte: G1 Paraná

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br