Policial Militar fica ferido em operação com 15 presos em Francisco Beltrão

sexta-feira, 31 de julho de 2020 | Sudoeste

Um policial militar ficou ferido durante a operação PASPI, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (31), em Francisco Beltrão. De acordo com as informações o policial ficou ferido na mãos após um jovem, menor de idade resistir a prisão.

 

A operação terminou com 15 pessoas presas, 11 delas ja tinham mandado de prisão em aberto e outras 4 foram presas em flagrante com armas e por tráfico de drogas.

 

A OPERAÇÃO

 

As polícias Civil e Militar estão cumprindo na manhã desta sexta-feira em Francisco Beltrão 13 mandados de prisão temporária e outros 19 mandados de busca e apreensão domiciliar. Trata-se de operação PASPI, decorrente de investigação iniciada após o homicídio de Lucas da Rosa Brizola, ocorrido em abril desta ano.

 

Na noite do dia 11 de abril, por volta das 22h, Lucas da Rosa Brizola, 19 anos, morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas, depois que oito homens atiraram ao menos 10 vezes contra uma residência na rua Beija Flor.

 

Segundo o relato dos policiais, os oito atiradores chegaram encapuzados e iniciaram os disparos. Depois, fugiram. Os vizinhos acionaram a Polícia Militar, mas antes da chegada da PM, as cinco pessoas feridas foram levadas à UPA. Na epoca do fato uma criança de 11 anos de idade e dois adolescentes de 16 anos ficaram feridos

 

A Operação recebeu esse nome, pois na mitologia Tupi-Guarani, “Paspi” significa “arma do submundo”. Trata-se de uma arma feita para dar medo em seus inimigos. Uma arma mágica e que serviria para liberar a entrada do inferno para os que a possuí.



Fonte: RBJ

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br