Preço do leite pago ao produtor pode cair até 7% em novembro

sexta-feira, 20 de novembro de 2020 | Agricultura

Da CBN Curitiba

 

O preço do leite captado em outubro e pago ao produtor em novembro deve fechar em queda entre 5% e 7% em relação ao mês anterior, interrompendo o movimento de alta que vem sendo verificado desde junho, mostra pesquisa em andamento do Cepea, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq/USP.

 

Segundo o Cepea, os valores do leite no campo obedecem a uma tendência sazonal, relacionada à disponibilidade de chuvas e pastagem. Mas, em 2020, a retomada da produção não tem ocorrido de forma intensa, já que as condições climáticas foram menos favoráveis.

 

Fonte: Cepea

 

E o USDA, Departamento de Agricultura dos EUA, disse essa semana que os agricultores americanos poderão plantar uma área recorde com as principais safras do país no ano que vem caso os preços continuem favoráveis e o clima na primavera do Hemisfério Norte permita.

 

Os contratos futuros da soja negociados em Chicago dispararam nesta semana, atingindo o mais alto nível em mais de quatro anos, enquanto o milho alcançou o maior patamar em mais de um ano, apoiados pelas fortes importações chinesas e por preocupações com o tempo seco na América do Sul.

 

Fonte: Reuters

 

Levantamento online mostrou que o Programa Compra Direta Paraná, do Governo do Estado, tem aceitação entre os participantes. Realizado pela Seab, o programa adquire, desde junho, de forma emergencial, produtos da agricultura familiar que são distribuídos para a rede socioassistencial, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos e hospitais filantrópicos.

 

As entidades recebem principalmente frutas, hortaliças, legumes, temperos, arroz, fubá, feijão, sucos, geleias e pães.

 

Fonte: Seab

 

A oferta limitada, os estoques apertados e também os produtores mais cautelosos em efetivar novas vendas são alguns dos fatores que continuam a promover novas altas para os preços da soja, que são os mais altos para a Bolsa de Chicago nos últimos quatro anos.



Fonte: Notícias Agrícolas | Foto: Reprodução

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br