Previsão do tempo: frente fria com alcance maior chegará no fim do mês

terça-feira, 16 de junho de 2020 | Clima Tempo

A massa de ar polar que avançou pela região Sul e derrubou as temperaturas deve se afastar e perder forças nos próximos dias, segundo a previsão do tempo. Mas, durante sua passagem, o sistema fez as temperaturas atingirem -3 ºC na serra catarinense nesta segunda-feira, 15.

 

A nebulosidade causada no extremo oeste do Rio Grande do Sul, em áreas mais próximas ao Uruguai, também deve diminuir de intensidade. “Só a previsão para chuva bem fraquinha no leste de Santa Catarina e Paraná”, aponta a meteorologista Desirée Brandt.

 

De 16 a 20 de junho, a previsão do tempo indica possibilidade de chuva no centro, oeste e sul do Rio Grande do Sul. “No oeste de Santa Catarina e sudoeste do Paraná a nebulosidade aumenta, mas a chuva não virá. Se chegar, será fraca a isolada”, afirma.

 

Neste período, as precipitações devem continuar mais concentradas na costa do Nordeste e em áreas mais ao Norte do país, o que, segundo Desirée, é bom para pastagens e lavouras de arroz. Já o tempo firme no Brasil central é benéfico às colheitas de milho segunda safra e café.

 

A próxima frente fria com mais alcance deve chegar apenas no fim do mês, entre 26 e 30 de junho, atingindo o sul de Mato Grosso do Sul, áreas de São Paulo mais próximas ao Paraná e sul de Minas Gerais, mas de forma bem fraca e localizada”, diz.

 

Segundo a meteorologista, o frio também não consegue avançar por conta do bloqueio atmosférico. As temperaturas só devem registrar quedas mais acentuadas por volta do dia 27, quando podem chegar a 5 ºC em Passo Fundo (RS), 7 ºC em Joaçaba (SC) e 8 ºC em Pato Branco (PR).



Fonte: CANAL RURAL | FOTO: Denis Ferreira Netto / Arquivo / Tribuna do Paraná

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br