Toni e Dirce Cerini: Nós vencemos a Covid-19

terça-feira, 02 de junho de 2020 | Realeza

Depois de receber alta e ainda passar por mais uma quarentena em casa, buscando um melhor reestabelecimento, o casal Antônio e Dirce Cerini conversou com a reportagem da Rádio Clube, para contar um pouco do que passaram ao testarem positivo para a Covid-19.

 

Toni destaca que naquele final semana sentiu dores de cabeça, mas pensou ser apenas algo passageiro.

 

O Filho Rodrigo, relata que no dia seguinte, o pai reclamou que a comida estava sem gosto, mas o filho achou que era apenas uma simples reclamação.

 

De repente o costumeiro e largo sorriso, foi transformado em um “Não tô Bâo” e quando a noite chegou realmente às coisas não ficaram bem e Antônio teve que ser levado ao Pronto Atendimento.

 

Foi encaminhado para Policlínica em Francisco Beltrão e seus primeiros testes rápidos deram negativos, mas como todos os sintomas indicavam a possível contaminação e seu quadro de saúde apresentava sérios comprometimentos e ainda por fazer parte do grupo de risco, tudo levava a crer na contaminação, e quando o resultado do RT-PCR chegou, estava confirmado: Positivo para COVD19.

 

Antes mesmo de o resultado chegar e por precaução, todos os familiares foram submetidos aos testes, e todos deram negativos, exceto a esposa dona Dirce que também testou positivo, embora assintomática.

 

A preocupação agora era dupla, Dirce em quarentena em casa, enquanto Toni na UTI e Entubado.

 

Se por um lado a quarentena de Dirce era tranquila, com raros momentos de maior preocupação, frutos de uma queda de pressão, por outro lado, a espera do boletim diário do Toni, deixava a família e amigos angustiados.

 

Cada final tarde um novo: “Olá Família...” boletim redigido pela Filha Débora que informava como estava indo a evolução do caso, e cada pequena evolução os ânimos se renovavam.

 

Por uma questão de responsabilidade os funcionários da empresa por mais de uma vez também fizeram testes, e em uma destas testagens uma das funcionárias também testou positivo, recebendo toda atenção necessária.

 

Assim passaram 23 dias, até que finalmente veio o último boletim:

Olá Família! - 20/05

Hoje será nosso último boletim, com a graça de Deus!

Foram 23 dias desde o primeiro sintoma, 16 dias de internamento, sendo 9 de uso de respirador.

O pai está muito bem, falando, lúcido, caminhando um pouco melhor, comendo, sem dor. Amanhã a alta está confirmada na parte da manhã. Podemos descrever um verdadeiro milagre! Ainda ficará em isolamento por 14 dias pois o sistema imunológico está precisando de recuperação.

Nós, em nome dele, queremos agradecer a cada oração,  a cada vibração,  a cada ligação e à cada ombro amigo que tem dividido conosco todos esses momentos de angústia. Nosso coração transborda de alegria em saber a quantidade de pessoas que nos querem bem. Infelizmente a doença chegou primeiro em nossa família e em duas formas totalmente diferentes (muito sintomática e assintomática). Eles venceram a COVID-19!

Cuidem uns dos outros, usem máscara e obedeçam a recomendação de distanciamento.

Obrigada mais uma vez por estarem conosco, sozinhos não somos nada e todos somos IRMÃOS!

 

Toni deixou a Policlínica emocionado por todo o carinho e atenção que recebeu da equipe, durante os 23 dias que ali ficou internado.  Nos dias seguintes, fez questão de agradecer a todos os amigos que rezaram e enviaram mensagens positivas e deixou registrado alguns agradecimentos especiais:

 

A Policlínica de Beltrão e seus profissionais;

Doutor Paulo Refosco;

Clinica Cedimagem;

Secretarias de Saúde dos Municípios;

Profissionais de saúde que estiveram na sua casa nos prestando todo apoio: Marcial Patriarca e o amigo "Tidão";

A Rádio Clube que sempre repassou as informações da maneira mais profissional, prezando pela verdade e ética.

E Principalmente aos familiares e amigos que através de suas orações nos injetavam energia positiva. Estamos voltando à vida para celebrar com todos.



Fonte: Redação Rádio Clube

Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br